Constituição Balzaquiana, A

Editora: JH MIZUNO (veja mais livros desta editora)
Autor(es): Daniel C. Pagliusi Rodrigues (veja mais livros deste autor)

por: R$ 80,00 Em 3x de: R$ 26,67 No boleto: R$ 80,00 para Associados CAASC
por: R$ 60,00

Comprar
Em estoque: Previsão de postagem em até 1 dia útil após a confirmação do pagamento, mais o tempo de transporte.
Consulte aqui o valor do frete e prazo de entrega do produto
Opção de parcelamento via cartão de crédito
  • 1x de R$ 80,00 sem juros
  • 2x de R$ 40,00 sem juros
  • 3x de R$ 26,67 sem juros
Avalie:

Ficha técnica

Código de barras:
9788577894321
Dimensões:
1.00cm x 14.00cm x 21.00cm
Edição:
1
Editora:
JH MIZUNO
ISBN:
8577894320
ISBN13:
9788577894321
Número de páginas:
352
Peso:
500 gramas
Encadernação:
Brochura

Sinopse

"O escritor francês Honoré de Balzac, no século XIX, publicou sua principal obra: “A mulher de 30 anos”. No dia 05 de outubro de 2018 foi nossa Constituição que se tornou balzaquiana, completando 30 anos de idade. Um marco em nosso instável e frágil histórico constitucional.Não é possível dizer que nossa Constituição é a mesma desde a sua promulgação. Com 99 Emendas Constitucionais já aprovadas e mais 6 Emendas de Revisão, seu perfil já não é exatamente o mesmo de sua promulgação.A “Constituição cidadã” – como batizada por Ulysses Guimarães – se alterou. No entanto, sua personalidade social e democrática ainda sobressai de seu texto, espraiando-se por todo o Direito positivo. As principais temáticas jurídicas foram constitucionalizadas. O objetivo que inspirou os autores foi exatamente demonstrar essa tônica, trazendo para o debate grandes questões jurídicas, dos mais diversos ramos do Direito, sempre com o viés de sua abordagem constitucional.Espera-se, com essa obra, contribuir, de alguma forma, para que o espírito e o ideal que inspirou a promulgação de nossa Constituição sejam renovados na aurora de sua trigésima primavera e que a força normativa de nossa “balzaquiana” alcance, de fato, sua maturidade e se torne uma força real, concreta."