Responsabilidade Civil dos Bancos nas Operações Financeiras Efetuadas Através do Internet Banking, A

(veja mais livros desta editora)
Autor(es): Daiille Toigo (veja mais livros deste autor)

por: R$ 53,50 Em 2x de: R$ 26,75 No boleto: R$ 53,50

Comprar
Em estoque: Previsão de postagem em até 1 dia útil após a confirmação do pagamento, mais o tempo de transporte.
Consulte aqui o valor do frete e prazo de entrega do produto
Opção de parcelamento via cartão de crédito
  • 1x de R$ 53,50 sem juros
  • 2x de R$ 26,75 sem juros
Avalie:

Ficha técnica

Código de barras:
9788560912087
Dimensões:
2.00cm x 15.50cm x 20.50cm
Edição:
1
ISBN:
8560912088
ISBN13:
9788560912087
Número de páginas:
120
Peso:
300 gramas
Encadernação:
Brochura

Sinopse

O tema central deste livro é a responsabilidade civil dos bancos nas operações financeiras efetuadas através do internet banking, assunto de grande importância na atualidade, pois vivemos em uma sociedade que usa a internet para todo e qualquer tipo de comunicação, como mensagens instantâneas, serviço telefônico, televisão, envio de e-mail com documentos anexados; veiculação de notícias, jornais, textos acadêmicos, livros eletrônicos; e ainda, para a realização de negócios a distância. É inegável a facilidade e a comodidade que o internet banking propicia aos clientes, bem como às instituições bancárias, que conseguem diminuir custos com a manutenção da agência física. O mobile e o internet banking já respondem por mais de metade das operações bancárias no Brasil. Todavia, esse avanço tecnológico possui uma problemática jurídica no que concerne às questões de segurança inerentes a essa nova atividade, como crimes eletrônicos e fraudes, com a consequente dificuldade em encontrar a falha e seu culpado; bem como a inexistência de normatização específica tanto no âmbito civil (responsabilização) como no penal. Assim, Daiille Toigo tratará da responsabilidade civil das instituições financeiras diante desse novo cenário globalizado e virtual gerado pelo uso do internet banking, e igualmente sua problemática normativa quanto à ausência de previsão legal específica ao tema e à possibilidade e aplicação do Código de Defesa do Consumidor para a solução de seus conflitos.